quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Bolo de milho saudável sem ovos

Bolo de milho saudável sem ovos:


Ingredientes:

3 espigas de milho grandes cozidas e debulhadas
2 xícaras de água de coco
1 xícara e meia de açúcar demerara ou 1 xícara de adoçante culinário " Tal e Qual " forno e fogão.
1 colher de chá de vinagre branco
1 pitada de sal
1\2 xícara de óleo de coco ou 3\4 de xícara de óleo de milho
2 xícara de fubá ou farinha de milho passada no liquidificador ,verificar se  é sem glúten ( usei o moinho)
3\4 xícara de coco ralado 
1 colher e meia de sopa de fermento químico para bolos sem glúten
1 cenoura pequena em rodelas

Para saborizar: raspas de um limão, farinha de amendoim torrado, farinha de nozes, etc.


Modo de fazer:

Cozinhar os milhos e retirar os grão do sabugo.Colocar no liquidificador com a cenoura,a água de coco, o óleo, a pitada de sal, o vinagre e o açúcar.
Bater  por dois minutos.
No bowl da batedeira, adicionar a mistura liquida, a farinha peneirada, e o coco ralado . Bater bem por três minutos para dar leveza na massa.Por final colocar o fermento biológico e bater bem.
Untar e polvilhar  uma forma de buraco no meio ou várias em formato de cupscakes ou muffins.
Assar em forno pré aquecido em 180 graus por 50 minutos em formas médias e grandes e 30 minutos em forminhas individuais.
Deixar amornar, desenformar e  esfriar para servir!

Fiz de vários tamanhos e saborizei com raspas de limão, amendoim torrado moído e farinha de nozes.
Uma delícia!







terça-feira, 16 de setembro de 2014

Torradas de Pão sem glúten com azeite aromatizado

Torradas de Pão sem glúten com azeite aromatizado:



Sempre vejo as pessoas comentarem que seu pão ficou duro, depois de 2 dias  impossível de comer, que não assou direito, que murchou, etc...
Aqui em casa nada se perde, ou vira pudim de pão, almondegas de frios com ervas, bolinhos de carne ou frango, lasanha de pão, tudo que minha criatividade mandar.Mas estragar nunca!!!!
Por essa razão resolvi postar essas torradas para ajudar!


Torradas de azeite aromatizado:


1 pão caseiro ou industrializado sem glúten e leite ( no blog tem vários)
3 colheres de sopa  cheias de manteiga de azeite.


Modo de fazer:

Cortar o pão em fatias finas.
Passar a manteiga de azeite em todas as fatias.
Estender em uma assadeira com papel alumínio.
Passar uma camada de manteiga de azeite generosa.
Levar ao forno por 20 minutos em temperatura de 200 graus.
Retirar do forno e deixar esfriar bem.


Manteiga de azeite com tomilho, manjericão, alecrim e pimenta biquinho:


1 lata de azeite extra virgem com acidez a 0,5 por cento
2 colheres de sopa de alecrim picadinho
2 colheres de sopa de tomilho
2 colheres de sopa manjericão 
2 colheres de sopa de pimenta biquinho 

Modo de fazer:

Aquecer o azeite em uma frigideira, colocar as ervas e misturar bem.
Ainda quente e líquido colocar em recipientes que possam ser guardados em porções fracionadas.
Levar ao congelador.
Eu uso muito as forminhas de gelo, pois assim tenho uma porção que pode ser usada como manteiga e em refogados.
É uma delícia e super saudável.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Tipos de açúcar


Açúcar:

Quanto mais escuro é o açúcar, mais vitaminas e sais minerais ele tem e mais perto de seu estado bruto ele está. Um açúcar claro passou pelo processo de refinamento, recebendo aditivos químicos.

Tipos de açúcar: 



Cristal: açúcar granulado, formado por cristais de sacarose mais resistentes a dissolvência em água.É dele que saem as variedades : refinado e de confeiteiro.


De confeiteiro:  o mais fino e claro dos açúcares, pois passa por um longo processo de refinamento, com a adição de amido para evitar a formação de cristais.~


Açúcar impalpável :  Possui até 3% de amido de milho em sua composição (tem pacote que 1%, outros 2%, depende do fabricante). Esse amido já vem misturado no pacote pela empresa fabricante. Esse açúcar também é muito usado em padarias, confeitarias e afins. O amido ajuda a tirar a umidade do açúcar e não deixa esse açúcar ficar unido. Há quem diga que ele é mais fino que o açúcar de confeiteiro, o que propicia uma mistura mais homogênea ainda. Com isso, ele não absorve a gordura do doce. Por isso, ele é ideal para jogar em cima de doces, coberturas (inclusive cobertura de cupcakes), glacês.


Demerara : é um tipo de açúcar cristal de coloração caramelo, levemente úmido, devido ao elevado teor de melado de cana que envolve os cristais.Frequentemente confundido com o açúcar mascavo, o demerara apresenta maior concentração de sacarose.


Light  ( Sucralose ): obtido a partir da mistura de açúcar refinado ( Sacarose ) com adoçante artificial ( Sucralose ), promove uma digestão calórica menor que o açúcar refinado puro, por essa razão denominam de 50 por cento menos calorias.


Mascavo: açúcar não refinado , úmido, escuro e mais grosso.É o que conserva mais suas vitaminas e minerais.


Orgânico: produzido por cana cultivada sem o uso de fertilizantes e aditivos químicos


Queimado: quando um açúcar é apurado até atingir uma consistência caramelizada.


Refinado: surge a partir da diluição do açúcar cristal.Sua porção mais fina é transformada em açúcar de confeiteiro.


Açúcar de coco: O Açúcar de Coco é um adoçante não processado, não adulterado, não filtrado, não contém preservativos e é 100% natural, sendo conhecido por ser o adoçante mais sustentável do mundo. As palmas de Coco que são diferentes das de onde se extrai o óleo de Palma, produzem 75% mais açúcar que a cana de açúcar e requerem menos água e nutrientes.
O Açúcar de Coco pode ser usado como substituto do açúcar nas receitas também.


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Leite de macadâmia da Josy!

Leite de macadâmia da Josy:


Os leites vegetais substituem perfeitamente os de origem animal, mas não podemos deixar de frisar que o gosto é bem diferente.Eu particularmente gosto muito deste, e na minha opinião é o que lembra mais.
Então!!!! É o meu preferido.


Leite de Macadâmia, o Rei dos leites vegetais:




Ingredientes:

1 xícara de macadâmias bem lavadas e deixadas de molho em água com uma pitada de sal por 1 noite
4 xícaras de água filtrada 
2 tâmaras
1 colher de sopa de mel de boa qualidade.


Modo de fazer:

Depois de deixar as castanhas de molho por uma noite, desprezar a água.
Colocar no liquidificador , juntamente com a água filtrada.
Bater por 5 minutos para triturar bem e tirar o leite.
Coar em um pano limpo e branco.Eu uso um tipo voal , bem fechado e que fiz apropriado para a situação.
Espremer bem e usar os resíduos para fazer patês, ricotas ou requeijão sem leite animal.
Depois desta etapa,retornar para o liquidificador e colocar as tâmaras e o mel.
Bater muito bem e usar.
Servir gelado e conservar em geladeira por 3 dias.
Ótimo para bater com o chocolate do Padre que não tem leite mas tem 50 por cento de açúcar, com um pouco de café, com gengibre em pó e uma pitada de canela ou para os mais radicais, com um pouco de conhaque sem glúten e mel.

Pão nutritivo de abóbora e chia

Pão de abóbora e chia:


1 sachê de fermento biológico para pães
4 colheres de sopa de açúcar
4 ovos
5 colheres de sopa de óleo
1 colher de sopa rasa de sal
1 vidro de 200 ml de leite de coco
2 xícaras de água
2 colheres de sopa de vinagre branco
1 colher de sobremesa cheia de goma xantana ou míx de gomas
1 colher de sopa de fermento químico para bolos
2 xícaras de farinha de arroz
1 xícara e meia de polvilho azedo
1\2 xícara de fécula de batata
1 xícara de abóbora cozida e espremida
2 colheres de sopa rasa de chia


Modo de fazer:

Esponja:

Colocar em um bowl o fermento biológico seco, as colheres de açúcar e 1 xícara de água morna.Deixar descansar por 30 minutos.Depois deste tempo ficara uma espuma encorpada e aerada.

No liquidificador, colocar os ovos, o leite de coco, o óleo , o sal, o vinagre branco e a goma xantana ou o míx de gomas.Bater bem por 3 minutos.

Na batedeira colocar as farinhas misturadas e peneiradas, a esponja, o resto da água  e a emulsão do liquidificador. Por final adicionar a chia.

Bater a massa por 5 minutos.O ponto é uma massa encorpada e agarrando na pá da batedeira.

Untar e polvilhar  duas formas de bolo inglês , deitando a massa até a metade.

Deixar crescer por 45 a 50 minutos ou que tenha dobrado de volume.

Assar em formo pré aquecido a 180 graus por 50 minutos, ou até que esteja corado em cima e com som de oco.
Deixar esfriar em grelha e cortar frio, é um pão delicado e macio.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Bolo da Chris com biomassa :Sem ovos, sem glúten, sem leite, sem soja, sem aditivos e fofíssimo

Bolo da Chris: Sem ovos, sem glúten,sem leite, sem soja,sem aditivos e fofíssimo.



Ingredientes:

1 xícara de farinha de arroz
1\2 xícara de fécula de batata
1\2 xícara de amido de milho
1 xícara de creme de arroz
2 xícaras de açúcar demerara ou normal
5  colheres de sopa de óleo de coco cheias
1 xícara de leite de coco feito em casa
1 colher de sopa de fermento químico para bolos bem cheia
1 banana prata ou 3 colheres cheias de sopa de biomassa de banana verde
raspas de limão siciliano

Modo de fazer:

Bater no liquidificador o açúcar, a biomassa ou banana,o óleo de coco e o leite por 3 minutos .Obtendo assim uma mistura cremosa e aerada.
Em um bowl, misturar o fermento em pó, as farinhas peneiradas e misturadas e as raspas de limão.
Juntar as duas misturas, homogenizar muito bem e não deixar nenhum grumo.
Colocar em uma forma de furo no meio untada e polvilhada.
Assar em forno pré aquecido em 180 graus, por 35 minutos.
Bolo muito fofo, que cresce muito e o rendimento é dez!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pão de abóbora da Miriam Nunes Vieira Pereira


Pão de abóbora da Miriam Nunes Vieira Pereira





Agradeço minha cara amiga por nos propiciar mais uma receita.


Pão de abóbora:




1 copo de abóbora cabótia cozida (250 ml)
1 1/2 copo de farinha mix pan da Schär
1 copo de farinha de arroz
1/2 copo de polvilho doce
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de psyllium
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de linhaça dourada triturada
1 colher de chá rasa de mix de goma xantana e goma guar
1 copo de água do cozimento da abóbora (pode precisar de um pouquinho mais)
2 ovos


esponja:
 1/2 copo da água do cozimento da abóbora
 2 colheres de sopa de açúcar
 1 colher de sobremesa de fermento biológico para pães
Misturar os ingredientes da esponja e deixar crescer


Modo de fazer:
Misturar 1 copo de água com o psyllium, a linhaça triturada e uma colher de chá rasa do mix de goma xantana e goma guar. Deixar formar um gel. Acrescentar os ovos, o azeite , a abóbora amassada e misturar bem. Acrescentar as farinhas previamente misturadas e bater na batedeira, em velocidade média por 3 minutos.

Colocar em forma untada e enfarinhada e deixar crescer até dobrar de volume. Assar em forno pré aquecido a 180 graus.


     Foto do arquivo pessoal da Miriam N. V.Pereira