domingo, 9 de agosto de 2015

Farinha de amêndoas caseira

Farinha de amêndoas caseira:

Amêndoa está entre os superalimento mais popular do mundo que possuem muito benefícios para saúde. Elas são uma grande fonte de nutrientes, como fibras, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. Ela está disponível durante todo o ano. Você não tem que esperar para obtê-lo. Uma vez que é seca e embalada para disponibilizá-lo para nós.
Os benefícios são inúmeros :
Para saúde vascular,contra o câncer,ossos e dentes,para o desenvolvimento do feto na gravidez,para a pele, perda de peso,diabetes,o cérebro, para o nível de energia e equilíbrio da vitamina E.

Efeitos colaterais da Amêndoas: As Amêndoas tem muito mais benefícios devido ao seu alto teor de nutrientes. Mas, se aumentar sua dose de que há maior chance de obter mais nutrientes do que o necessário. A vitamina E é solúvel em gordura, o que significa que fica depositado e com altas doses há uma overdose. Também não é recomendado overdose de gordura. Por isso, nunca coma mais do que um punhado de nozes para obter seus benefícios.

Essa é uma das farinhas mais cara e pode ser feita tranquilamente em casa.
O segredo é ter muita atenção e não deixar queimar.


Ingredientes:


1 quilo de amêndoas
Água até cobrir 


Modo de fazer:

Colocar as amêndoas em um bowl e cobrir de água, deixar por doze horas , trocando pelo menos 3 vezes, descartando o líquido.
Depois de deixar de molho colocar em um pano limpo , seco ,esfregando e secando para tirar a casca marrom escura.
Depois de retirar a película, colocar em uma assadeira grande e levar ao forno à 160 graus por uns 15 minutos, mexendo sempre e olhando para não queimar.
O ponto é quando começa a ficar quebradiça, mas não queimada.
Levar em pequenas porções ao liquidificador e bater bem.
Eu bato várias vezes para ficar fininha.
Depois de toda batida e misturada, levar ao forno à 180 graus por 5 minutos para secar bem.
Armazeno em porções de 250 gramas e o excesso eu congelo por 90 dias.
Para uso é só descongelar in natura.

Muitos fazem o farinha de amêndoas depois de utilizar para fazer o leite, é um reaproveitamento dos resíduos. Eu prefiro fazer a farinha com as amêndoas  e os resíduos do leite vegetal faço patês, bolos, tortas e etc.
Quando usamos as amêndoas para fazer a farinha, o gosto, o sabor e o teor de gordura é muito melhor,propiciando assim uma qualidade e perfeição para confecção de iguarias.

Boa sorte e mãos  na massa! Bjs!!!


quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Farinha de arroz integral vermelho

Farinha de arroz integral vermelho:


Esse é o processo para fazer a farinha de arroz caseira.
Você pode fazer de qualquer qualidade, farinha de arroz branco, integral, negro, marrom e substitui muito bem a industrializada.

Os benefícios da farinha de arroz:


Farinha de arroz

"Como a farinha de arroz é feita pela simples moagem dos grãos, sem qualquer processo químico envolvido, ela preserva as mesmas características nutricionais do arroz.. Assim, além do amido, que corresponde a cerca de 90% da matéria seca do arroz, esta farinha não contém glúten e auxilia na prevenção de doenças do aparelho digestivo, do coração e no controle do diabetes, já que possui índice glicêmico baixíssimo. A farinha de arroz também reduz a absorção de óleos vegetais dos alimentos, tornando-os menos calóricos.

Ingredientes:

3 xícaras de arroz integral ( vermelho, negro, marrom)
3 colheres de sopa de fécula de batata


Modo de fazer:


Colocar no liquidificador 1 xícara de arroz e 1 colher de sopa de fécula de batata, bater bem , parando,mexendo, batendo de novo, deixando da forma que quiser.Eu prefiro bem fininha.
Depois de bem batida passar pela peneira fina, repetir a operação quantas vezes forem necessárias, até não haver nenhum grãozinho e sim uma farinha homogenia e sem granulações.
Repetir a operação com as outras duas xícaras, sempre 1 xícara de arroz e 1 colher de sopa de fécula de batata.
Muitas pessoas fazem a farinha somente com o arroz, mas a fécula de batata ajuda na moenda e proporciona uma secagem na finalização, não deixando  mofar e não permite adquirir aquele gosto rançoso.
A foto é de farinha de arroz integral vermelho, mas o processo é para qualquer tipo de arroz.
Boa sorte e faça sua farinha, é confiável,  mais barata e dá um gostinho de vitória.




Como fazer farinha de grão de bico em casa

Como fazer farinha de grão de bico em casa:



Muitas pessoas não possuem a possibilidade de adquirir algumas farinhas sem glúten especiais, e vou postar como faço aqui na minha casa. 
Vai baratear o custo e fornecer a alguns lugares do Brasil essas farinhas com um teor maior de proteínas para confecção de pães mais fofinhos e bonitos.

Bora lá fazer...mãos a obra!!! Bjs meninas...


Ingredientes:


500 gramas de grão de bico cru
Água

Modo de Preparo:
Deixe os grãos de molho em água por  12 horas, trocando a água  4 vezes, no mínimo.
Escorra os grão e jogue fora a água.
Disponha o grão-de-bico em uma assadeira.
Leve ao forno pré aquecido 160 ºC por aproximadamente 50  minutos , mexendo de vez em quando para não queimar.
Deixe esfriar e bata no liquidificador até formar uma farinha , eu vou colocando porções pequenas para não forçar a máquina e moer perfeitamente.
Passe pela peneira e volte a bater possíveis grãos que ainda não moeram direito, até acabar.Deixo aberta na forma para secar bem, caso esteja úmida a farinha levo ao forno para mais 7 minutos.
Para guardar em armazeno em porções de 150 gramas em saquinhos de condicionamento. 
Faço isso com todas as farinhas caseiras, para evitar contaminação com o uso.
O que pretendo usar deixo em refrigeração por 20 dias e congelo o excesso.
Quando for usar descongelo de um dia para o outro.


sábado, 1 de agosto de 2015

Geleia caseira de morangos orgânicos

Geleia caseira de morangos orgânicos:



1 quilo de morangos lavados e tirada a folhinha verde ( mais ou menos 4 caixinhas)
1\2 xícara de frutose
1 limão espremido
1 maça em cubos sem casca


Modo de fazer:

Lavar bem os morangos e cortar em quatro.
Descasque a maçã, tire as sementes e o cabinho e corte em pedaços pequenos.
Levar em uma panela alta todos os ingredientes e cozinhar por 30 minutos.
Mexer de vez em quando, e não se assustar com uma espuma que levanta.
Quando estiver bem cozido, bater no liquidificador , se quiser separe uns moranguinhos em pedaços para ficarem inteiros .´não precisa coar.
Deixar apurar por mais uns 15 minutos em fogo baixo.
Guardar em vidros pequenos e esterilizados.
É uma geleia não muito doce por não ir açúcar.
Boa para o café da manhã, panquecas, bolos ou coalhadas.
Essa geleia não leva pectina, a maça já engrossa com muita habilidade.



Pão Multi grãos integral

Pão multi grãos integral



3 ovos
1 sachê de fermento biológico para pães
2 copos americanos de leite vegetal, água ou leite de coco
3\4 copo de café coado e sem açúcar
2 colheres de sopa cheias de mix de grãos ( Chia, gergelim, linhaça, semente de girassol etc )
4 colheres de sopa de margarina Becel azul ou  gordura de coco ou ghee
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de sal
4 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de sopa cheia de goma xantana
1 colher de chá de fermento químico de bolo
1 colher de chá de suco de limão
3 colheres de sopa de purê de abobora
1 copo de cenoura ralada crua
1 copo americano de farinha de grão de bico
1\2 copo de farinha de Teff
1 copo cheio de fécula de batata
1 copo de farinha de arroz integral
1 copo de farinha de arroz

Copo medida: 300 ml


Modo de fazer:

Bater no liquidificador os ovos, o azeite, a manteiga, o purê de abóbora,sal, 1 copo de leite vegetal.
Em um bowl colocar o sachê de fermento biológico, o açúcar mascavo e o restante do leite vegetal.Deixar levedar por 20 minutos.
Na batedeira colocar as farinhas misturadas e peneiradas, as duas colheres de mix de grãos , a goma xantana, o fermento químico, o sal e a cenoura crua. Misturar bem.
Adicionar a batedeira,  a mistura do liquidificador , o fermento levedado  , batendo por 5 minutos.
Obtendo uma massa pesada que gruda nas pás .
Colocar em forminhas ou em duas formas médias de bolo inglês, não ultrapassando metade da forma.
Alisar a massa , passar margarina sem leite derretida e deixar crescer por 1 hora ou mais, até dobrar de volume.
Essa massa demora mais para crescer por ser integral, usar grãos e farinhas nobres.
Assar em forno aquecido a 190 graus por 50 minutos.
Deixar esfriar em grelha e cortar frio.
Dura 3 dias bem fechado in natura ou 90 dias congelado.




quarta-feira, 15 de julho de 2015

Pão de milho sem fermento biológico

Pão de milho sem fermento biológico:


Esse pão é saboroso e é muito rápido.

Ingredientes:

2 ovos grandes
2 colheres de sopa de banha de porco caseira
1 garrafinha de leite de coco
1 colher de chá de sal
1 tomate firme cortado em quadradinhos
1 colher de chá de orégano
1\2 xícara de salsinha picadinha
1\2 xícara de cebolinha verde picadinha
1 xícara de fubá fininho
3\4 de xícara de farinha de arroz
1\4 de xícara de fécula de batata
3 colheres de sopa de farinha de banana verde
1 colher de café de goma xantana ou CMC
1 colher de sopa de fermento químico de bolos


Modo de fazer:

Bater os dois ovos, o leite de coco, o sal , a goma xantana e as duas colheres de banha ou becel azul sem leite.
Adicionar as farinhas misturadas , peneiradas e bater bem.
Juntar o fermento em pó , os tomatinhos, as ervas e o orégano.
Homogeneizar bem.
Colocar em uma forma de pão pequena , untada e polvilhada com fubá.
Assar por 45 minutos em forno pré aquecido em 180 graus.
Cortar frio.
Pode ser congelado.





terça-feira, 14 de julho de 2015

Estrogonofe de Cogumelos Paris

Estrogonofe de Cogumelos Paris:


Ingredientes:

1 cebola ralada grande
4 dentes de alho picadinhos
3 colheres de sopa  de azeite 
1\2 xícara de cebolinha picadinha
1\2 xícara de salsinha picadinha
700 ml de leite de coco caseiro ou o da marca Isola de caixinha
300 ml de água filtrada
2 colheres de sopa rasas de amido de milho
6 tomates batidos no liquidificador e passados na peneira
3 colheres de sopa generosas de Ketchup sem glúten
1 colher de sopa de mostarda Djon ou outra sem glúten
1 bandeja de 600 gramas de cogumelos Paris frescos.
sal a gosto


Modo de fazer:

Em uma panela colocar a cebola, o alho, o azeite para refogar, depois de 2 minutos juntar os cogumelos limpos e fatiados.Cozinhar por uns 10 minutos para amolecerem e soltar caldo.
Adicionar o sal, a cebolinha, a salsinha e o molho feito com os tomates.
Depois de apurar por 1 minutinho, juntar o leite de coco, o amido de milho diluído na água.
Mexendo sempre, deixar dar uma engrossada.
Por final juntar o Ketchup e a mostarda.
Serve bem com arroz branco ou como molho de macarrão.